O paciente é do município de Itumbiara, mas buscou atendimento médico em Cachoeira Dourada, no interior de Goiás, um município de pequeno porte com cerca de 8 mil habitantes. O.J.M, 48 anos, estava há cinco meses aguardando uma vaga no Hospital Geral de Goiânia (HGG), unidade referência no tratamento de obesidades. O que a Central de Regulação da Capital não conseguiu nesse período, foi realizado pela intervenção do Complexo Regulador Estadual (CRE) em apenas um dia.

O CRE é um órgão da Secretaria de Saúde de Goiás (SES-GO) que integra a rede de hospitais estaduais e municípios pactuados através de uma plataforma online desenvolvida especialmente para esse fim, o SERVIR – Sistema Estadual de Regulação de Vagas Integradas à Rede.

Entenda o caso

O estado de O.J.M era muito crítico. Com aproximadamente 300kg, em estado de obesidade mórbida grau 4, ele já estava sobrevivendo com auxílio de oxigênio domiciliar. Por conta da dificuldade de locomoção e respiração, a condição foi se agravando ao ponto de desenvolver uma celulite localizada na região do abdômen que iniciou um quadro séptico de infecção.

Para piorar, na última semana, o paciente sofreu um acidente e caiu. Quem relata é o secretário de saúde de Cachoeira Dourada, que buscou socorro do CRE, Paulo Prates. “O Sistema foi muito efetivo. Já ligamos várias vezes e em todas elas fomos muito bem atendidos. Conseguiu essa vaga e o transferimos para Goiânia para a realização do tratamento por competência do Estado de Goiás”, ressaltou.

O caso foi motivo de muita alegria para os médicos e colaboradores do CRE. “Ficamos muito felizes em poder ajudar mais um paciente jovem, mais uma vida. A partir do momento que mandamos essa regulação autorizada para o secretário que nos pediu ajuda, ele ficou extremamente agradecido. Para nós, resta o sentimento de dever cumprido”, resumiu Genésio Pereira, diretor técnico do CRE.

Presença do CRE

Cachoeira Dourada é um município da Regional Sul de Saúde de Goiás que conta com 55 municípios, o que engloba 1 milhão e 300 mil pessoas. Além da Regional Sul, o CRE já atua nas regionais Estrada de Ferro, Rio Vermelho, Sudoeste I e II. No total, já são 107 municípios pactuados com o órgão estadual de regulação.

Ajustar fonte