Nessa primeira semana de fevereiro, Unidades de saúde estaduais nas cidades de Catalão, Caldas Novas, Ceres e Aparecida de Goiânia passarão a utilizar o novo sistema de Regulação de Pacientes (SERVIR), disponibilizado pelo Complexo Regulador Central (CRE) para efetivar a organização de acesso às vagas de urgência e emergência que estão sob a gestão estadual.

O SERVIR será implementado especificamente no dia 6 em Aparecida de Goiânia; e nos dias 7 e 8 de fevereiro nas três demais cidades.


Sobre o CRE

A operacionalização do CRE tem o objetivo de agilizar o processo de regulação do acesso aos serviços de saúde no SUS, servindo como um elo entre os Hospitais e os pacientes. A iniciativa em Goiás é nova e atuará, incialmente, para os atendimentos de urgência e emergência. Entretanto, o objetivo é que, em breve, também seja responsável pela regulação de vagas de cirurgias, exames e atendimentos em especialidades.

O SERVIR – Sistema Estadual de Regulação de Vagas Integradas à Rede, sistema usado pelo CRE, é o mesmo utilizado na administração da Regulação de Acesso do estado de São Paulo há mais de 12 anos. Em Goiás, o Hospital de Urgências da Região Sudoeste (HURSO) em Santa Helena, no Sudoeste Goiano, já está fazendo uso do SERVIR.

Mais informações:

06 de fevereiro – Implementação na Central de Regulação de Aparecida de Goiânia, de 09h às 19h.
07 e 08 de fevereiro – Implementação na Central de Regulação de Caldas Novas; no Hospital São Domingos Mendes, em Ceres; e nas Unidades Hospital Nasr Faiad e Hospital São Nicolau, em Catalão.
Em todas as cidades será de 07h às 19h.