Reconhecer os sintomas da trombose na perna são essenciais para compreender melhor o diagnóstico da trombose venosa profunda.

Em 16 de setembro é celebrado o Dia Nacional de Combate e Prevenção à Trombose. A data tem como objetivo central conscientizar a população sobre a doença.

Você sabe o que é a trombose?

A trombose é caracterizada pelo desenvolvimento de um coágulo dentro de um vaso sanguíneo. Isso causa o entupimento do vaso e dificulta o retorno venoso ao coração. A doença acomete principalmente as veias das pernas (trombose venosa profunda) e os pulmões (embolia pulmonar).
Os principais fatores de risco estão relacionados à imobilização prolongada, como o uso de anticoncepcionais, cirurgias, hospitalizações e fraturas. Fatores hereditários também estão envolvidos.

Conheça os sintomas da trombose:

  • Dor;
  • Edema (inchaço) unilateral;
  • Vermelhidão na pele;
  • Cianose (coloração azul arroxeada);
  • Dilatação do sistema venoso superficial;
  • Aumento da temperatura local;
  • Enrijecimento muscular (rigidez da musculatura da panturrilha);
  • Dor à palpação.

Como evitar:

A trombose pode ser evitada por meio de adoção de hábitos saudáveis, como:

  • Evitar ficar muito tempo sentado,
  • Beber água durante o dia;
  • Utilizar roupas confortáveis que não comprimam músculos ou dificultem a circulação sanguínea;
  • Realizar atividade física pelo menos 2 vezes por semana;
  • Ter uma alimentação balanceada, rica em legumes e vegetais;
  • Evitar fumar ou ingerir bebidas alcoólicas em excesso.

Tratamento

Sob a supervisão de um médico deve ser ministrado remédios anticoagulantes para reduzir a viscosidade do sangue e dissolver o coágulo. Estes medicamentos só devem ser usados mediante prescrição médica depois de criteriosa avaliação. O aparecimento de qualquer sintoma, deve ser relatado ao seu médico.